IMPACTO DA OPERAÇÃO DE SALE-LEASEBACK SOBRE A ESTRUTURA PATRIMONIAL DE COMPANHIAS AÉREAS LATINO-AMERICANAS

Rosanna Sarkissian, Simone Alves da Costa

Resumo


O objetivo deste trabalho é avaliar que impacto a operação de Sale-leaseback (SLB) reflete na estrutura patrimonial de empresas aéreas latino-americanas. Uma amostra que consiste em oito companhias aéreas latino-americanas, visando o preenchimento de uma lacuna na amostra de Barbosa et al. (2011). Foi restringido o escopo de análise à transação de SLB nos cinco exercícios financeiros, de 2012 a 2017, bem como uma projeção do cenário para o ano de 2019 (início da vigência da norma IFRS 16/CPC 06(R2)). Os resultados mostraram que o ajuste da referida transação foi significante para os usuários da informação contábil, o que reforça o proposto por Barris (2002), que elencou uma série de possíveis razões para uma dada firma optar pela transação de SLB, tais como: arrecadar recursos, diversificar as fontes de financiamento, se tornar mais eficiente, melhorar a flexibilidade profissional, entre outros. Em outras palavras, os ajustes realizados utilizando a informação contábil afetam os índices financeiros, impactando os diversos usuários desta informação. Assim, a operação de SLB é apresentada como sendo atrativa para as companhias aéreas latino-americanas, na medida em que oferece a flexibilidade de registro de ativos off-balance sheet e reduz  exposição ao risco de valor residual.


Palavras-chave


leasing, sale-leaseback, setor aéreo, IFRS 16/CPC 06(R2).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v11i2.705

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638