Práticas de Orçamento no Setor de Bens Industriais

Rogério João Lunkes, Ana Paula Belli, Jean Roberto Andruchechen, Ricardo Suave

Resumo


O presente estudo tem como objetivo explorar práticas de orçamento em grandes empresas industriais do Brasil. Para atingir este objetivo foi realizada uma pesquisa empírica (survey), que contou com a participação de sete empresas listadas no setor de Bens Industriais da Bolsa de Valores de São Paulo - BM&FBOVESPA. Os resultados mostram que dentre as práticas de planejamento do orçamento, há aderência à literatura em temas como o tempo necessário e forma de elaboração, tempo de duração, relatórios e revisões. Identificou-se também o alinhamento ao planejamento estratégico, bem como a importância da participação e o orçamento para a rentabilidade e maximização dos resultados. Por fim, na etapa de avaliação de desempenho, as formas de análise, finalidades e seus responsáveis foram estudados. Conclui-se que há alinhamento com a literatura quanto aos objetivos e finalidades do orçamento, porém, quanto à forma e recursos utilizados, verifica-se falta de profundidade.


Palavras-chave


Orçamento. Práticas. Planejamento, execução e controle. Companhias industriais. Sub-utilização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v5i1.60

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638