TENDÊNCIAS COMERCIAIS PARA O MERCADO INTERNACIONAL DE CARNE DE FRANGO: UMA ANÁLISE DE EQUILÍBRIO ESPACIAL POR MEIO DO PROBLEMA DE COMPLEMENTARIDADE MISTA

Angélica Pott de Medeiros, Reisoli Bender Filho

Resumo


Nos últimos anos, acordos regionais de grande expressividade têm sido negociados, dentre eles o Acordo Transpacífico (TPP), liderado pelos Estados Unidos que, no ano de 2017, após a eleição de Donald Trump, retirou-se do acordo. A partir dessa mudança, o artigo analisou os impactos do TPP sobre o mercado de carne de frango, considerando a saída dos Estado Unidos, bem como uma possível participação do Brasil. Utilizou-se um Modelo de Equilíbrio Espacial na forma de um Problema de Complementaridade Mista, por meio da simulação de quatro cenários alternativos. Dois aspectos podem ser ressaltados: (i) a efetivação do acordo traz prejuízos ao setor brasileiro de carne de frango, especialmente nos níveis de produção, preços e excedentes dos produtores e (ii) mesmo não participando do acordo, os Estados Unidos ainda apresentam vantagem em termos de produção, de forma que, a participação do Brasil no TPP não elimina os efeitos gerados pela competitividade norte-americana. 


Palavras-chave


Mercado internacional de carne de frango; TPP; Brasil; Equilíbrio espacial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v9i3.579

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638