Identidade Organizacional: Análise Bibliométrica da Produção Brasileira de 2000 a 2011

Denilson Aparecida Leite Freire, Patricia Morilha Muritiba

Resumo


Este estudo apresenta uma análise bibliométrica da produção científica brasileira sobre Identidade Organizacional (I.O) no período de 2000 a 2011, e sugere um enquadramento dos artigos no modelo proposto por Caldas e Wood Jr (1997). Foram analisados 68 artigos em eventos e periódicos nacionais disponíveis em meio eletrônico, a partir de um protocolo de critérios para validar a análise de dados. Os resultados revelam, a partir da sugestão de se complementar o modelo teórico para mapeamento dos estudos sobre identidade propostos por Caldas e Wood Jr (1997), uma agenda de pesquisa que poderá guiar novas perspectivas neste tema. Os dados revelaram que a maioria dos estudos é de caráter qualitativo, apontando para a necessidade de pesquisas quantitativas futuras. Além disso, ao se realizar o enquadramento dos artigos no modelo proposto por Caldas e Wood Jr (1987) ficou evidente a importância de se criar uma nova categoria classificatória que contemplasse a relação entre comportamento e Identidade Organizacional, uma vez que foram encontrados 14 artigos nessa dimensão. Esses achados podem ser uma importante contribuição aos estudos teóricos e empíricos sobre Identidade Organizacional no Brasil.


Palavras-chave


Identidade Organizacional. Análise Bibliomética. Produção científica brasileira

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v4i2.57

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638