Quem forma Gestores? Evidências da formação coletiva do Gestor a partir das Finanças Pessoais e a concepção de Habitus em Bourdieu

Emanuel Rodrigues Amorim, Jose Lindenberg Julião Xavier Filho

Resumo


O objetivo desta pesquisa é entender como os concluintes em administração lidam com a dimensão do planejamento financeiro, visto que a gestão financeira no âmbito privado e público guarda semelhanças em termos de práticas, noção derivada da concepção de habitus em Pierre Bourdieu. O estudo contou com participação de 61,59% dos concluintes em Administração da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), do Centro Acadêmico do Agreste (CAA). Foi observado que a maioria dos concluintes não tem problemas com endividamento, mas não realizam planejamento de curto e longo prazo. Além disso, foi observado que experiências anteriores contribuem para a educação financeira, principalmente o habitus constituído por experiências no seio familiar, sugerindo a formação coletiva e social do gestor.


Palavras-chave


Planejamento Financeiro. Finanças Pessoais. Habitus.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v9i3.562

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638