A adesão do mercado segurador brasileiro aos principios para sustentabilidade em seguros- PSI

Joceli Aparecida Pereira, Cleverson Vitorio Andreoli, Nicole Maccali

Resumo


O objetivo deste trabalho é identificar a inter-relação entre os quatro Princípios para Sustentabilidade em Seguros - PSI e as quatro metas propostas pela Comissão de Sustentabilidade com as ações descritas no Relatório de Responsabilidade Social e Sustentabilidade do Mercador Segurador Brasileiro, coordenado e executado pela CNseg – Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização. As análises demonstraram que as seguradoras têm se preocupado com as questões de sustentabilidade, pois percebem que práticas sustentáveis garantem a mitigação dos riscos, aumento da lucratividade do segmento e consequentemente longevidade da empresa. Seguindo a metodologia de análise comparativa das informações apresentadas no relatório, identifica-se a inter-relação entre os quatro Princípios, as quatro metas e as ações descritas no relatório. 


Palavras-chave


sustentabilidade, relatório de responsabilidade social e de sustentabilidade, mercador segurador.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v7i3.413

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638