Análise de Projetos Ambientais Tomando por Base as Diretrizes do PMBOK 2004

Jefferson de Souza Pinto, Rosley Anholon, Diego de Carvalho Moretti, Vanira Aparecida Alves

Resumo


Na Gestão Ambiental o atraso no cumprimento dos prazos dos projetos é um problema que, causa muitas reclamações dos contratantes. Os projetos são compostos por processos e atividades interligadas, nos quais o desempenho deficiente de uma atividade pode comprometer o processo transformando-o em gargalo. A incidência de gargalos prejudica o desenvolvimento dos projetos, culminando no não cumprimento dos prazos e custos pré-estabelecidos e na demora na obtenção de licenciamentos ambientais e outorgas de direito de uso de recurso hídrico. O presente trabalho apresenta os gargalos identificados no decorrer do desenvolvimento de dez projetos ambientais realizados por uma consultoria ambiental atuante na Região Metropolitana de Campinas. As conclusões obtidas, revelam que o PMBOK 2004 fornece diretrizes eficientes para a análise de projetos ambientais, sua utilização no presente trabalho possibilitou a identificação da ocorrência de gargalos em todas as nove áreas de conhecimento da gerencia de projetos, destacando a área da comunicação como sendo a mais crítica. 


Palavras-chave


Gestão Ambiental; PMBOK 2004; Gargalos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v1i2.24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638