Empreendedorismo e economia solidária: um ensaio de suas convergências e divergências

Diego César Terra de Andrade, Danielle Martins Duarte Costa, Vanessa Nunes de Sousa Alencar Vasconcelos, Heidy Rodriguez Ramos

Resumo


Schommer e França Filho (2008) afirmam que “a magia do empreendedorismo” é incapaz de gerar emprego formal para todos e apresentam a economia solidária como uma alternativa a esse cenário. Nesse sentido a pergunta que orienta este trabalho é: economia solidária é diferente de empreendedorismo, ou é mais do mesmo? Diante dessa indagação, o objetivo foi verificar as convergências e divergências entre empreendedorismo e economia solidária. Para tanto, uma revisão bibliográfica sobre as principais características da economia solidária e do empreendedorismo é realizada, passando pelo tema empreendedorismo social. Depois, se discutem as interseções e diferenças entre eles. O que se observou foi que há sobreposições entre os domínios do empreendedorismo tradicional, o empreendedorismo social e a economia solidária. O objetivo da economia solidária e do empreendedorismo estão relacionados ao desenvolvimento, apesar de distinguirem-se quanto ao local de atuação e a forma de distribuição dos dividendos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v7i1.185

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638