Factors affecting students’ entrepreneurial intentions of Polytechnic Institute of Setubal: a cognitive approach

Teresa Gomes da Costa, Pedro Mares

Resumo


O empreendedorismo constitui uma importante opção para os estudantes. Alguns investigadores consideram que a decisão sobre torna-se empreendedor envolve um processo mental elaborado. Este estudo pretende compreender este processo mental, seguindo a abordagem cognitiva através da aplicação do questionário das Intenções Empreendedoras (EIQ) a estudantes da Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE), Instituto Politécnico de Setúbal (IPS). O principal objetivo deste estudo consiste na compreensão das intenções empreendedoras dos estudantes, considerando a influência social e a perceção das habilidades. Adicionalmente, o estudo tenta compreender a influência do gênero, idade, experiência laboral e experiência de auto-emprego nas intenções empreendedoras dos estudantes. Para atingir estes objetivos foi utilizada uma abordagem quantitativa. As técnicas estatísticas utilizadas foram a análise fatorial para a identificação dos factores, assim como a análise de correlação e o teste t para a confirmação das hipóteses. Este estudo permitiu a confirmação das conclusões de estudos prévios no que concerne à relação entre a intenção empreendedora e a atitude para o empreendedorismo, normas subjetivas e controlo comportamental percebido. Estes resultados revelaram que a idade e o gênero estão significativamente correlacionados com as intenções empreendedoras.

Palavras-chave


Entrepreneurship, education, entrepreneurial intention, theory of planned behavior

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v7i1.175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638