Análise da implementação e resultados de um programa de ecoeficiência numa empresa do setor bancário

Luzia Maria Esgolmim, Maria Tereza Saraiva de Souza

Resumo


A definição do conceito de ecoeficiência está ligada às práticas ambientais efetivas e abrange a redução de custos operacionais, além de fornecer meios para um melhor desempenho das empresas. Ecoeficiência é a produção de bens e a prestação de serviços com menos recursos naturais, resíduos e emissões. Nesse contexto, a ecoeficiência constitui uma ferramenta importante para que as atividades no setor de serviço possam conciliar eficiência econômica com a redução dos impactos ambientais. Assim, este trabalho tem como objetivo verificar como a ecoeficiência pode aumentar o desempenho econômico e ambiental no setor bancário. O método de pesquisa utilizado é o estudo de caso único, e a unidade de análise escolhida foi o Programa de Racionalização de Gastos e Eliminação de Desperdícios, de um banco brasileiro. Trata-se de um estudo exploratório em que se utilizou, como instrumento de coleta de dados, a pesquisa bibliográfica, documental e a observação participante. Verificam-se, por meio desse estudo, resultados econômicos significativos, obtidos pelo programa de ecoeficiência para a empresa analisada, e, consequentemente, para a mitigação do impacto negativo sobre o meio ambiente com a redução do consumo de energia, água, papel, entre outros insumos.

Palavras-chave


Ecoeficiência, Gestão ambiental, Impacto ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13059/racef.v1i1.17

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2178-7638