Projetos & Pesquisas


Índice de Confiança dos Fornecedores do Setor Sucroenergético

Expectativa otimista elevou a confiança dos fornecedores do setor.

Categoria:

Indicadores Econômicos

Pesquisador(es):

Prof. Dr. Maurício Jorge Pinto de Souza
Prof. Dr. Roberto Fava Scare

O índice de Confiança dos Fornecedores do Setor Sucroenergético, apresenta primeira alta após três quedas consecutivas

 

Expectativa otimista elevou a confiança dos fornecedores do setor de acordo com a pesquisa elaborada pela AgroFEA; alta foi de 0,04 pontos em relação a agosto 


A quinta rodada do Índice de Confiança dos Fornecedores do Setor Sucroenergético (ICFSS Fundace/Multiplus), elaborado pela
AgroFEA Ribeirão Preto, em parceria com a Multiplus Feiras e Eventos e com a Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia – Fundace, apresentou alta após três quedas consecutivas em 2010. O indicador tem o intuito de acompanhar a evolução da opinião dos gestores do setor auxiliando na tomada de decisões relacionadas ao desempenho do segmento.

O ICFSS Fundace/Multiplus,
formado pelos indicadores Condições Atuais e de Expectativa dos gestores, apresentou alta de 0,04 pontos, subindo de 0,52 em agosto para 0,56 em outubro. O índice e seus indicadores variam no intervalo entre zero e um, sendo que valores acima de 0,50 pontos mostram empresários confiantes.

“O resultado reflete a elevação das expectativas dos gestores para os próximos meses, mesmo com as condições atuais estando relativamente desfavoráveis
”, avalia o Prof. Dr. Maurício Jorge Pinto de Souza, do departamento de Administração da FEA-RP/USP, de Ribeirão Preto, um dos coordenadores do estudo.

“As condições atuais se mantiveram em 0,47, mesmo nível da rodada anterior. Já nas expectativas para os próximos meses, houve aumento de cinco pontos, o que foi determinante para a elevação do índice”, explica o pesquisador.

Expectativas -
As principais variáveis que causaram a elevação da Expectativa estão relacionadas ao desempenho do próprio sistema agroindustrial sucroenergético e ao fornecimento para esse sistema que já reflete a expectativa com relação ao período de entressafra do final do ano que aumenta a demanda das empresas fornecedoras de maquinas e equipamentos.

A variável de valor mais elevado dentro do indicador de expectativa é a Expectativa da Empresa, com 0,67. Além da retomada de investimentos no período da entressafra, outro fator que influencia positivamente este índice é a diversificação das empresas que atendem o setor, e que passaram a atender também segmentos como petróleo e gás e a indústria da celulose.

Condições Atuais –
Os dois únicos indicadores que apresentaram ligeira queda compõem o indicador Condições Atuais. Na variável Economia em Geral, que foi de 0,43 para 0,42, os empresários que colaboraram com a pesquisa indicaram a crise mundial como responsável pela queda já que está associada à menor demanda por exportações, a maior volatilidade do câmbio e maior cautela para novos investimentos.

A outra variável que sofreu leve redução mede as Condições Atuais da Empresa, com queda de 0,57 para 0,56. Entretanto, o resultado acima de 0,5 pontos, indica satisfação dos gestores. Muitas empresas sinalizaram que esta satisfação está ligada à diversificação da carteira de clientes e de novas estratégias de vendas.

O que é o ICFSS
- O Índice de Confiançados FornecedoresdoSetor Sucroenergético, ICFSSMultiplus/Fundace, é uma ponderação que reflete a maneira pela qual os gestores avaliam as condiçõesatuais e as expectativas emrelaçãoà economia brasileira, osistema agroindustrial sucroenergético, o setor de fornecedores do setor sucroenergético e à própria empresa.

Esse indicador é construído bimestralmente através de telefonemas e internet pelo Programa de Pesquisas em Agronegócio da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto – AgroFEA Ribeirão Preto.

Fundace –
A Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace) é uma instituição sem fins lucrativos criada em 1995 pelos docentes da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP para facilitar o processo de integração entre universidade e comunidade.

Fonte: Outras Palavras Comunicação Empresarial

Clique aqui para ter acesso aos números da pesquisa.